Msd - Imizol Injetavel 100ml

Ref:
254166

Por: R$ 380,00ou X de

Comprar

Descrição do produto

DESCRIÇÃO:

Imiziol indicado na profilaxia e tratamento da babesiose (piroplasmose) dos Bovinos e Equinos e da anaplasmose dos bovinos, as quais são transmitidas por diferentes espécies de carrapatos e insetos ou operações mecânicas (vacinações, descornas, castrações, etc.).

Imizol pode também ser usado para controlar reações clínicas excessivas desencadeadas pelas vacinas sanguíneas de Babesia/Anaplasma.Nesses casos, devido ao seu mais curto período de incubação, os sintomas da babesiose aparecerão nos primeiros dias após o início da premunição e poderão ser controlados com a administração de 1,0 ml de Imizol para cada 100 kg de peso corporal.

Esta aplicação de Imizol retardará o período de incubação da anaplasmose, que poderá manifestar-se algumas semanas mais tarde. Caso esta manifestação apresente um quadro clínico excessivo, a dose a ser administrada deverá ser de 2,5 mL para cada 100 kg de peso corporal.
 


COMPOSIÇÃO:

Cada 100 mL contém:
Dipropionato de imidocarb.........12 g
Veículo q.s.p..............................100 mL
 


POSOLOGIA E MODO DE USAR:

Bovinos
Anaplasmose e infecções mistas: 1 mL para cada 40 kg de peso corporal.

No caso de Babesiose confirmada: 1 mL para cada 100 kg de peso corporal.

Em ambos os casos não repetir o tratamento antes de transcorrido o prazo de 7 dias.

Quimioprofilaxia:

1 Babesiose – Quando os animais suscetíveis são introduzidos em áreas com conhecida incidência de Babesiose, o Imizol deve ser administrado 5 dias após a inclusão destes animais em áreas de desafio, na dosagem de 1 mL para 40 kg de peso corporal.
2 Anaplasmose – Quando os animais suscetíveis são introduzidos em áreas com conhecida incidência de Anaplasmose, o Imizol deve ser administrado 10 dias depois da introdução dos animais nestas áreas de desafio, na dosagem de 1 mL para cada 40 kg de peso corporal. Devido ao prolongado período de incubação da Anaplasmose, a aplicação não deverá ser antecipada antes do período indicado de 10 dias, pois poderá impossibilitar o desenvolvimento da proteção após a agressão por carrapatos.
3 – Infecções mistas – Em situações de infecções mistas ou agente causal desconhecido, o esquema quimioprofilático do item 1 (aplicação do Imizol 5 dias após a introdução dos animais na área de desafio, na dose de 1 mL/40 kg) poderá ser seguido. Tal esquema proporcionará uma eficiente proteção contra Babesiose, que poderá seguir com uma 2ª aplicação a ser feita no início do aparecimento de sinais clínicos da doença, ou 21 dias após a 1ª aplicação, ou de acordo com as indicações do médico veterinário responsável pelos animais.

Imizol não é vacina, portanto nas condições de uso quimioprofilático descritas previamente, o estabelecimento da imunidade contra a babesiose e a anaplasmose dependerá da exposição dos animais aos agentes causais de ambas as doenças.
Por se o carrapato o principal vetor, não se recomenda o uso de carrapaticidas nos animais tratados com Imizol até que uma alta infestação de carrapatos seja conseguida.

Equinos:
Dose: 1 mL para cada 50 kg de peso corporal.
O tratamento de Babesia equi (Nuttallia equi) poderá requerer 2 doses e intervalos de 24 horas.
Usando-se a dosagem com fins profiláticos os animais estarão protegidos por um período de aproximadamente 4 semanas.
Administração: intramuscular.
 


PRECAUÇÕES:

  1. Não exceder a dosagem recomendada.
  2. Bovinos e equinos podem apresentar brandos sintomas colinérgicos, como salivação, lacrimejamento e cólica passageira, após o tratamento com Imizol. Nestes casos, aplicar sulfato de atropina.
  3. Animais tratados com inseticidas ou anti-helmínticos organofosforados não devem ser tratados simultaneamente com Imizol.
  4. Não administrador Imizol em fêmeas bovinas que estejam produzindo leite para o consumo humano.
  5. Não aplicar a vacina sanguínea contra a anaplasmose e a babesiose até 28 dias após a administração de Imizol, pois a mesma interferirá no desenvolvimento da imunidade contra a babesiose.
Período de Carência:

Bovinos:
Abate: o abate dos animais tratados somente deve ser realizado 241 dias após a última aplicação.
Leite:
Este produto não deve ser aplicado em fêmeas produtoras de leite para o consumo humano.

Especificações