Nossas Notícias

15/03/2017

Agrimar Field Day

 

A terceira edição do Agrimar Field Day 2017, (15 a 18 de março), realizado na área experimental e fazenda escola da Universidade de Caxias do Sul, em Fazenda Souza, foi palco da integração entre educação, novas tecnologias e formas de manejo para o cultivo e colheita de hortaliças e cereais no campo. Após meses de preparação, o evento superou as expectativas da Agrimar, há 47 anos atuando junto às diversas comunidades do Rio Grande do Sul com a preocupação de oferecer ao público consumidor, os melhores produtos e serviços, além de conhecimentos e soluções em produtividade e sustentabilidade.

Mais de 2700 pessoas estiveram no Field Day, cuja programação incluiu visitações técnicas nas áreas de cultivo, balcão de negócios e visitas aos estandes.

Nos quatro dias de evento os visitantes puderam conhecer o campo de cultivo de hortaliças e cereais, estufa de cultivo de tomate, pimentão e pepino, tecnologia em enxertia na horticultura, exposição de máquinas, implementos e veículos, soluções biológicas e nutrição de plantas, soluções em irrigação e balcão técnico e de negócios, onde as pessoas trocaram conhecimentos e fizeram boas compras.

Durante o evento, o movimento foi intensificado pelas visitas técnicas ao campo de cultivo, organizadas em grupos, sob a orientação científica dos agrônomos e técnicos da Agrimar.

A Universidade de Caxias do Sul e entidades ligadas à agricultura do estado, como a EmaterRS e o Sindrural, também estiveram no evento como expositores, a fim de  apresentar as principais ações desenvolvidas para implementação da agricultura familiar e do agronegócio.

Eventos paralelos também aconteceram durante o Field Day 2017, um deles, o programa “Cada Maça Conta - movimento contra o Desperdício” firmado entre a Agrimar e a Dowagrosciences gerou recursos para uma ação solidária. Quem recebeu a doação foi o Lar da Velhice São Francisco de Assis, de Caxias do Sul, na ocasião representada por sua diretora, Léa Simões.

Nesta edição do Field Day, a Agrimar e seus apoiadores reforçarama importância da diversificação de culturas e a inovação como impulsionadores para o desenvolvimento sustentável das propriedades rurais, ressaltando aspectos como a união e o diálogo, como fatores determinantes para o crescimento do bem estar social.